Barcelona International Dance Exchange

APPLICATION OPEN for BIDE Outokumpu, Finland

From 16-10-12 till 21-10-12 – Outokumpu, Finland

BIDE (Barcelona International Dance Exchange) is looking forward to gather an international group of 30-40 professional artists, with different backgrounds and experiences, but with the common interest in developing, researching and exchanging ideas in contemporary dance.

BIDE will offer a structure of daily changing laboratories to support a non-hierarchical atmosphere of meeting and sharing, doing try-outs and showing the work to each other.

This year’s satellite BIDE will take place in Outokumpu, a small town in Eastern Finland known from its old mine, now a tourist attraction. The history of the town has also made it culturally vibrant, attracking local and international artists to work in its surroundings.

The meeting will take place in the studios and theater space of the Movement and Performance Research Outokumpu, an international contemporary dance education located in the town.

Application and more information about the event and venuehttp://www.bide.be/en/satellite.html

More information about BIDE :  www.bide.be

Anúncios

Convocatória Festival Panorama + EAV

Escola de Artes Visuais do Parque Lage / Foto: Dudu Burel

O Festival Panorama em parceria com a Escola de Artes Visuais – EAV do Parque Lage abre convocatória para seleção de quatro projetos que trabalhem a fronteira entre corpo e artes visuais, para estrearem no festival entre, 03 e 11 de novembro de 2012. O EAV e o Festival Panorama selecionarão projetos interdisciplinares, de pessoas jurídicas, que estabeleçam um diálogo entre artes do corpo e visuais, podendo estar nos formatos de instalação, performance ou qualquer intervenção pensada para os espaços da escola: cavalariças, área verde e salão nobre.

As inscrições só poderão ser realizadas por e-mail até o dia, 10 de agosto. Cada projeto contemplado receberá o cachê de vinte e nove mil reais para o desenvolvimento da pesquisa e apresentações, caso seja verificada a necessidade de complemento da verba a comissão de seleção avaliará a necessidade de recursos extras. Podem se inscrever artistas ou coletivos de todo o Brasil através do envio da ficha de inscrição, projeto, orçamento, biografia e portifólio para: eavparquelage@panoramafestival.com. O resultado da convocatória será divulgado até, 20 de agosto.

Confira a convocatória completa aqui. Mais informações pelo telefone: (21) 2210 4007 ou pelo email: eavparquelage@panoramafestival.com.

Convocatória oficinas Dança em Foco

Abertura Dança em Foco 2011 / Foto: dança em foco

 

O Festival Internacional de Vídeo e Dança, Dança em Foco, está com inscrições abertas para quatro oficinas de videodança. No Espaço SESC, Copacabana, as oficinas são voltadas para estudantes e profissionais na área das artes cênicas e pessoas que queiram criar dança ou performance com vídeo, sendo, Un Certain Regard com o artista visual, Gilles Toutevoix, e Vídeo Artesanal / Corpo Técnico com o bailarino, Rick Seabra. No Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, Tijuca, as oficinas são destinadas a estudantes, bailarinos, performers, coreógrafos, fotógrafos, videomakers e artistas interessados no corpo e no movimento, sendo, Videodança – desenvolvimento de projetos com o professor, Marcus Moraes, e Videodança, uma aproximação com a bailarina, Luciana Ponso. Confira a convocatória completa aqui.

As inscrições poderão ser feitas até, 12 de agosto, pelo site do festival. Serão oferecidas vinte e cinco vagas para cada oficina, os selecionados desenvolverão seu próprio projeto de videodança sob orientação dos professores. As oficinas acontecerão de agosto a outubro, confira a data da oficina escolhida.

Laboratório Internacional do Teatro – Bienal de Veneza

Con il Laboratorio Internazionale del Teatro, che si svolgerà a Venezia dal 4 al 13 agostoÀlex Rigola, direttore del Settore Teatro, approfondisce e amplia la riflessione sul fare teatro oggi attraverso un programma articolato in laboratori, concepiti come momento del confronto con i Maestri per chi si affaccia sulla scena professionale, e residenze, destinate al lavoro autonomo di giovani artisti con la possibilità di progettare e sedimentare le proprie intuizioni artistiche. Due momenti di un percorso unitario che intende fare di Venezia un luogo di incontro e di confronto per gli artisti, un cantiere di lavoro sulla contemporaneità.

INCONTRI 

6 agosto, ore 19 – Ca’ Giustinian Sala delle Colonne

Luca Ronconi

cerimonia di consegna del Leone d’Oro alla carriera

a seguire

incontro con il regista

a cura di Gianfranco Capitta

7 agosto, ore 19 – Ca’ Giustinian Sala delle Colonne

Declan Donnellan & Nick Ormerod

a cura di Andrea Porcheddu

8 agosto, ore 19 – Ca’ Giustinian, Sala delle Colonne

Gabriela Carrizo

a cura di Andrea Porcheddu

9 agosto, ore 19 – Ca’ Giustinian, Sala delle Colonne

Claudio Tolcachir

a cura di Andrea Porcheddu

10 agosto, ore 19 – Ca’ Giustinian, Sala delle Colonne

Neil LaBute

a cura di Andrea Porcheddu

Spettacoli / open doors

Presentazioni delle Residenze

 

9 agosto, ore 21 – Teatro Junghans

POCILGA

liberamente tratto da “Porcile”

(1969) di Pier Paolo Pasolini

adattamento e regia

John Romão

assistenza e collaborazione

drammaturgica Georgina Oliva

interpreti Piera Formenti,

Damiano Ottavio Bigi

9 agosto, ore 22 – Teatro Junghans

Divano Occidentale Orientale

QUI-ES-TU? TU-ME-TU(ES)

ideazione e regia

Giuseppe Bonifati

con Cecilia Di Giuli,

Annagaia Marchioro,

Alessandra Serra Bernhardt

10 agosto, ore 20 e ore 21 – Conservatorio B. Marcello di Venezia – Sala Prove

SWIMMING B

ispirato a Samuel Beckett

con Emmanuelle Moreau,

Nicolas Wan Park,

Carlota Ferrer,

Francesca Tasini

10 agosto, ore 22 – Conservatorio B. Marcello di Venezia – Sala Concerti

The Moors Of Venice

PROPAGA NDA – THE REVOLUTIO N PROJECT

ideazione Fèlix Pons

con Cristiane Mudra,

Valeria Almerighi,

Valentina Fago,

Nina Greta Salomé, Fèlix Pons,

Fortunato Leccese,

Kostis Kallivretakis

Presentazioni dei Laboratori

11 agosto, ore 20 – IUAV – Ex Cotonificio S. Marta

Luca Ronconi

Questa sera si recita a soggetto

4 variazioni da L. Pirandello

12 agosto, ore 19 – Fondazione G. Cini, Padiglione delle Capriate

Gabriela Carrizo / Peeping Tom

On the Creative Process: Thought in Movement

12 agosto, ore 20 – Fondazione G. Cini, Sala degli Arazzi

Claudio Tolcachir

Personajes emergentes: construcción en movimiento

Info

Educational e promozione | Tel. +39.041.5218828

promozione@labiennale.org

www.labiennale.org | www.facebook.com/BiennaleTeatro

Spettacoli / OPEN DOORS

€ biglietto unico / one price

Biglietti presso / Tickets at:

Ca’ Giustinian, San Marco 1364/a, Venezia

6 > 12.08 da/from h. 15 a/to h. 20

Incontri / Meetings

Ingresso libero fino ad esaurimento posti disponibili

Free entrance subject to seating availability

Cerimonia di consegna del Leone d’Oro ALLA CARRIERA

Award Ceremony – Golden Lion for Lifetime Achievement

Su invito da ritirare presso / Upon invitation to be collected at

Ca’ Giustinian, San Marco 1364/a, Venezia – 6.08 da/from h. 15

Come raggiungere le sedi / How to get there

Da/from FS / train station, P.le Roma / bus station

• a/to Ca’ Giustinian: linee/lines 1-2 (fermata/stop S. Marco)

• a/to Teatro Junghans: linee/lines 2-4.1 (fermata/stop Palanca-Giudecca)

• a/to Fondazioni G. Cini: linea/line 2 (fermata/stop S. Giorgio)

• a/to Conservatorio B. Marcello di Venezia: linee/lines 1-2 (fermata/stop Accademia)

• a/to IUAV – Ex Cotonificio S. Marta:

linee/lines 2 (fermata/stop S. Basilio), 4.1-5.1 (fermata/stop S.Marta)

Submissão de Artigos – Revista Lamparina UFMG

A revista Lamparina é uma publicação vinculada ao Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG. Destina-se a publicação de artigos originais, resenhas de livros e entrevistasrelativas ao Ensino do Teatro em submissão. Recebe e publica, mediante avaliação resumos expandidos sobre projetos, grupos e centros de pesquisa, para divulgação. Os textos devem ser enviados para o endereço eletrônico lamparinaufmg@gmail.comentre 23 de julho e 23 de dezembro de 2012. Temática: atuação profissional do egresso da graduação em Teatro e/ou Artes Cênicas no Brasil.
* Artigo original: Mínimo 06, máximo 10 laudas. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,
* Resenha de livro: Máximo 04 laudas. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5.
* Entrevistas: Máximo 04 laudas. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5.
* Resumos expandidos: Máximo 02 laudas. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5.
* Para todos os textos: 1. Resumo de até 300 palavras contendo: objetivos, metodologia e resultados.
2. Abstract em inglês ou resumen em espanhol de até 300 palavras contendo: Objetivos, metodologia e resultados.
3. 03 Palavras-chave – 03 Keywords ou 03 palabras-clave.
4. Citações de menos de três linhas devem estar no corpo do texto. Mais de três linhas devem ser recuadas com margem esquerda de 4cm e corpo 11 e seguindo as normas da ABNT. Ex: (RYNGAERT, 2009, p. 12).
5. Referências: não devem ultrapassar 01 lauda. Devem referenciar apenas os textos/materiais citados no trabalho. Devem seguir as normas da ABNT, Ex: RYNGAERT, Jean Pierre. Jogar, Representar. Trad: Maria Lúcia Pupo. São Paulo: Cosac&Naify, 2009.
6. Os casos omissos obedecerão às determinações da ABNT.
7. Todos os textos serao submetidos à apreciação de parecerista indicado pela Organização da Revista.

Editoras: 
Mariana de Lima e Muniz (UFMG)
Rita de Cassia S.B. de Gusmão (UFMG)

Comitê Científico 
Arão Paranaguá Santana (UFMA)
Flávio Desgranges (USP)
Maria Lúcia Souza Pupo (USP)
Narciso Telles (UFU)

Conselho Científico 
David de Oliveira Pinto (UFOP)
Juliana Carvalho Franco da Silveira (UFV)
Ana Christina Streva (UNIRIO)
Eugênio Tadeu Pereira (UFMG)
Ricardo Carvalho (UFMG)

A Revista Lamparina não aceita a submissão de mais de um artigo, do mesmo autor e ou co-autor, para um mesmo número da revista.Tampouco aceita publicar artigos do mesmo autor ou co-autor em números sucessivos da revista, de modo que, uma vez que determinado autor ou co-autor tenha um artigo aceito para publicação, não poderá tornar a submeter artigo para o número consecutivo da revista.

Métodos de Improvisação Forsythe

Acercamiento a los Métodos de Improvisación Forsythe: Crear Posibilidades y Hacer Elecciones

Artes del Movimiento | 01.08.2012 al 04.08.2012 a las 10 hs.
Bartolomé Mitre 1869 2do. piso contrafrente. Ciudad Autónoma de Buenos Aires.

 

En el marco de las VI Jornadas de Investigación y presentado por Panorama Sur, del 1 al 4 de agosto, Christopher Roman (Compañía Forsythe) dictará el workshop Acercamiento a los Métodos de Improvisación Forsythe: Crear Posibilidades y Hacer Elecciones, en el Instituto de Investigación del Departamento de Artes del Movimiento del IUNA, Bartolomé Mitre 1869 2do. piso contrafrente. Ciudad Autónoma de Buenos Aires.

El cuerpo está compuesto de un conjunto de políticas predeterminadas que dependen de una serie compleja de factores que preceden su llegada concreta al mundo. La historia familiar, la cultura, la raza, el género, el credo, el ADN, todos juegan un rol en la coreografía del cuerpo y sus actitudes. Además, al llegar al mundo, las impresiones externas que recibimos, con las que contactamos y establecemos relación, alimentan alguna predisposición particular de conducta, movimiento, pensamiento, reacción, creación y relación. Estas cosas pueden manifestarse como fortalezas o debilidades en un artista. Para confiar en lo que sabemos que podemos lograr, puede que también asumamos posiciones rígidas o sentimientos de inseguridad y desconfianza respecto de lo que no deseamos o somos menos capaces de conseguir. Volver al cuerpo y a nosotros mismos para abrir posibilidades es la base de este workshop. Las que inicialmente pueden parecer tareas pedantes se convierten en potencial emergente para generar un ímpetu inesperado y abrir una senda creativa hacia algo aún inexplorado, y aún así, propio del artista. El objetivo es salirnos de nuestro propio camino. El uso de las Tecnologías de Improvisación desarrolladas por William Forsythe y los artistas del Ballett Frankfurt/The Forsythe Company, al igual que el material temático del repertorio, serán la base de esta investigación y punto de partida para la generación de ideas.

Christopher Roman (Estados Unidos) inició su entrenamiento en The School of Cleveland Ballet, y continuó en The School of American Ballet, NYC, con beca completa. Fue integrante del cuerpo de baile de Pacific Northwest Ballet y solista y figura principal de Miami City Ballet de Edward Villella, Les Grands Ballets Canadiens de Montreal, The Pennsylvania Ballet. Fue artista invitado de Sasha Waltz y de Complexions Contemporary Dance Company. En los últimos doce años Christopher ha sido bailarín principal del Ballet de Frankfurt y de la Compañía Forsythe. Colaboró con la creación de 25 trabajos originales con William Forsythe y su compañía. En 2005, junto con el diseñador de video Philip Bussmann, creó trabajos para el Festival de Danse en Cannes, Kuenstlerhaus Mousonturm en Frankfurt, Tanzkongress en Berlín y Gallus Kunstfoyer en Frankfurt am Main. También ha creado obras para The Russian Ballet Theatre, The Pennsylvania Ballet, The Philadelphia Fringe Festival, Les Grands Ballets Canadiens de Montreal, Cadance Festival Holland y Skulpturenpark, Graz. Christopher ha sido maestro de ballet y asistente coreográfico de las obras de William Forsythe, la más reciente en colaboración con Sylvie Guillem y Nicolas Le Riche del trabajo original Rearray for Sadler’s Wells en Londres. Es profesor de ballet clásico y de workshops de improvisación y, en 2010, fue nombrado Score Manager y Coordinador Educativo por iniciativa del Motion Bank en asociación con Forsythe Company. La obra de William Forythe You made me a monster, creada conjuntamente con Roman, fue ganadora del Bessie Award. Recibió en 2009 el más alto galardón del teatro alemán Der Deutsche Theaterpreis DER FAUST en la categoría mejor performance de danza con I don’t believe in outer space. Roman es, además, actor graduado de Atlantic Acting School de NY y su búsqueda actual consiste en ampliar la fusión entre el teatro y la danza a través del trabajo en colaboración con otros artistas. Actualmente es curador del MFA European Residency Studies de Hollins University en colaboración con ADF, y en 2012 enseñará en Butler University, Juilliard, NYU Tisch School of the Arts, Steps NYC, Peridance, the Goethe Institute-China, Turkey and Japan, Dance Arts Faculty in Rome, Panorama Sur en Buenos Aires. Está invitado como Conferencista y Coreógrafo Residente en la Universidad de Harvard. Christopher es uno de los artistas seleccionados para formar parte de Solo Performance Commissioning Project de Deborah Hay en 2012.

Datos de contacto
movimiento.investigacion@iuna.edu.ar
Instituto de Investigación de las Artes del Movimiento
Sánchez de Loria 443. Piso 1 del 2do. cuerpo. Ciudad Autónoma de Buenos Aires.
(54.11) 4866.2168 int. 110
Horario de atención: lunes, miércoles y viernes de 15 a 19 hs.
http://movimiento.iuna.edu.ar/

Edital de Ocupação do Galpão 3 da Funarte MG/2012

Edital de Ocupação do Galpão 3 da Funarte MG/2012 (2º semestre)

INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 16 DE AGOSTO DE 2012

A Funarte publicou, no Diário Oficial da União de 2 de julho de 2012, o Edital de Ocupação do Galpão 3 da Funarte MG/2012. O edital promove a seleção de um projeto de ocupação do espaço, situado no Complexo Cultural Funarte Minas Gerais. O contemplado deverá oferecer ao público espetáculos de dança, circo, teatro para adulto e teatro para a infância e juventude, além de oficinas, debates, conferências e outras atividades relacionadas às artes cênicas. O projeto escolhido vai ocupar o espaço no período de outubro de 2012 a março de 2013, de quarta-feira a domingo.

É destinado ao programa um total bruto de R$ 492,6 mil, dos quais R$ 480 mil serão pagos ao projeto contemplado – deduzidos deste valor os descontos legais. Os R$ 12.6 mil restantes serão utilizados para custos administrativos. Os recursos provêm do Ministério da Cultura/Secretaria Executiva/Fundo Nacional de Cultura – vide item 2.1 do edital.

Podem participar do edital pessoas jurídicas de direito privado, de natureza cultural, sediadas em todo o Brasil. Os coletivos artísticos podem ser representados por associações ou cooperativas, desde que sejam associados a elas.

Com os editais de ocupação, a Funarte espera levar a todos os seus espaços ampla atividade cultural, fomentando a cadeia produtiva da atividade artística.

Inscrições – Somente serão aceitas inscrições enviadas pelo correio (Sedex), sendo desconsideradas aquelas postadas após o prazo de inscrições. Os projetos deverão ser encaminhados conforme as recomendações que constam no texto do edital. Entre os documentos exigidos está o formulário de inscrições, em anexo, ao lado. O projeto inscrito no edital não poderá participar de outro edital de ocupação da Funarte destinado ao mesmo período.

O PROCESSO DE SELEÇÃO

Os projetos inscritos serão avaliados em três etapas, a saber:

1) Habilitação – é uma triagem eliminatória, a ser coordenada por uma Comissão de Habilitação, nomeada pelo Presidente da Funarte, com o objetivo de verificar se o proponente cumpre as exigências previstas no item 6.4 edital. Caso isto não ocorra, o projeto será desclassificado;

2) Avaliação e seleção – será realizada pela Comissão de Seleção, nomeada pela Funarte composta por quatro membros, sendo um da Instituição e mais três convidados, especialistas em teatro. A comissão deverá seguir os critérios do item 10.1 do edital. Os integrantes da Comissão são escolhidos por notório saber.

3) Análise documental para recebimento do valor: após a publicação do resultado final, o selecionado deverá entregar a documentação complementar, conforme item 11.1, sob pena de eliminação.

Critérios de avaliação e sistema de pontuação
O processo de seleção será composto de uma única etapa classificatória, de acordo com os seguintes critérios: excelência artística do projeto; qualificação dos profissionais envolvidos; viabilidade prática; planejamento para a ocupação, através de cronograma da programação proposta; estratégia de comunicação, divulgação e formação de público; conformidade com os objetivos do edital; e incentivo à formação de plateia e à democratização do acesso de alunos de escolas públicas e comunidades carentes. Os projetos receberão pontuações, conforme uma tabela, que estabelece pontos para cada um dos critérios acima, informada no item 10 do edital.

ACESSE O ARQUIVO DO EDITAL E DEMAIS DOCUMENTOS RELACIONADOS AO LADO

Para mais informações
Funarte – Representação Minas Gerais
E-mail: funartemg@funarte.gov.br
Tel. (31) 3213-3084

Nostalgia futura: chamada para propostas 2013

The Festival Belluard Bollwerk International and the Migros Culture Percentage are looking for artistic projects that are dealing with FUTURE NOSTALGIA.

In the last century, modernization processes accelerated to a high degree and along with globalization caused great change all over the world. Nostalgia, the longing for a lost time and space, has become a global phenomenon.

The idealization that comes with nostalgic remembering is often regressively oriented or sometimes even part of dangerous nationalist discourses. However, nostalgia is not only about the past, it can also be prospective, creative and critical. Can we rethink nostalgia? Can we discover a dynamic element in the sentiment? How can we relate to the past in an era where what is valid today is no longer possible in the near future? Tomorrow is so discontinuously different from today that it already escapes the vitalizing force of our imagination.

FUTURE NOSTALGIA is an oscillation between what has been, what is and what could be. The past opens up a multitude of potentialities, possibilities or developments. Rather than the end reaction to longing, nostalgia can be understood as a mode for provoking a future-oriented goal.

The Festival Belluard Bollwerk International and the Migros Culture Percentage are looking for projects that question, propose or provoke FUTURE NOSTALGIA, in the form of experimental and stimulating interventions, performances, installations or actions: FUTURE NOSTALGIA for the city of Fribourg Switzerland and its inhabitants, for art and society.

  • The call is open to artists and practitioners from other fields, to Fribourg residents and people from other places, to individuals or groups.
  • Selected proposals will be realised as a part of the Belluard Festival 2013.
  • The projects can take place in one of the festival venues, in the public space or in another location in Fribourg.
  • Projects will be selected by a jury of arts practitioners and experts from other fields.
  • Selected proposals will be further developed during a residency in Fribourg, in collaboration with specialists from different fields.

RULES

  • Each project is to be presented on maximum three A4-format pages (including drawings, photos, plans, etc), along with one A4 page with a budget proposal and personal details (name, postal and email address, telephone number).
  • Applications must be written in English, German or French. (German and French applications should include an English summary of 1000 characters).
  • Projects must be sent by October 15th 2012 to Belluard Bollwerk International, Contest 2013, PO Box 214, 1701 Fribourg, Switzerland (postal stamp is proof) or to info@belluard.ch, with as subject ‘CONTEST 2013’. (11 pm Swiss time at the latest)
  • The results will be announced by mid December 2012.
  • The jury reserves the right not to comment on its decision.
  • The material sent will not be returned.
  • For each selected project there will be a minimum artistic budget of CHF 2’500.- plus a production budget for the realization of the project and presentation during the Belluard Festival 2013.

PARTICIPANTS HAVE TO BE AVAILABLE FOR

  • Mentoring in Fribourg by a group of specialists from different fields in February 2013 (exact dates tbc).
  • A production period in Fribourg in June 2013.
  • The presentation of the project during the Belluard Festival 2013, between June 21st and July 7th 2013 (exact dates tbc).

With the support of: Pour-cent culturel Migros

Convocatória PID 2013

Convocatória PID 2013 / Foto: Divulgação

Plataforma Internacional de Dança – PID lança convocatória para sua 5ª edição que acontecerá no ano que vem, em Salvador. A PID tem por objetivo conectar pessoas através da experiência da dança, esta convocatória é aberta à artistas latino americanos. Serão selecionadas oito propostas para compôr a mostra artística, sendo, três obras baianas, duas de outros estados brasileiros e três de outros países da América Latina. Nesta seleção a curadoria dará preferência para espetáculos com pouca complexidade técnica, com potência cênica e à artistas que desenvolvam trabalhos colaborativos e compartilhamento de processos criativos.

Para realizar inscrição, o proponente deve encaminhar até,  17 de agosto, um e-mail para: contato@pidbahia.com.br contendo, um link para o vídeo da obra na íntegra, o link da página do artista com suas informações completas, e os contatos de e-mail, telefone e skype no corpo do e-mail.

GREVE: 10 motivos para não aceitar a proposta

DEZ MOTIVOS PARA NÃO ACEITAR A PROPOSTA DO GOVERNO

Após analisar a proposta de reestruturação da carreira e de recomposição salarial apresentada pelo Governo Federal no último dia 13 de julho, a Diretoria Executiva da ADUFG Sindicato considera que ela é um afronta aos direitos trabalhistas dos professores e professoras da ativa e aposentados(as), tendo em vista que, para a carreira do Magistério Superior Federal:

1. Representa uma ameaça à autonomia universitária, já que será o MEC a estabelecer, posteriormente, os critérios de progressão e promoção, e não as Universidades;

2. Fere a LDB quando altera a carga didática semanal média de 08h para 12h;

3. Suprime direitos já adquiridos, tal como o direito de professores não doutores progredirem para a classe de adjunto;

4. Prejudica os professores aposentados, especialmente os que já ficaram retidos na classe de adjunto, muitos dos quais foram fundadores das universidades federais;

5. Penaliza os professores em regime de 20h e 40h e lesa salarialmente os professores especialistas e mestres;

6. Não apresenta uma lógica estrutural. A diferenciação salarial entre regimes, classes e níveis, por exemplo, parece ter sido construída de forma aleatória;

7. É obscura no que se refere à Retribuição por Projetos Institucionais de Pesquisa, Extensão e Gratificação de Atividade de Preceptoria, já que não detalha este ponto, que será posteriormente disciplinado pelo MEC;

8. Cria cláusulas de barreira para que todos os professores possam atingir o topo da carreira, independentemente da sua titulação;

9. Incorpora a classe de titular à carreira, mas impõe cláusula de barreira na qual somente 20% dos professores que atingirem a classe de associado 4 poderão ascender;

10. Provoca redução salarial na maioria das classes ao final da sua implantação, considerando-se a inflação projetada até 2015, um cenário muito distante da equiparação salarial com a carreira da Ciência e Tecnologia ou de qualquer aumento real. Para os professores da carreira do magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT), as perdas de direitos adquiridos são maiores ainda.

Pelo exposto, a Diretoria Executiva da ADUFG Sindicato compreende que, da forma como foi apresentada, a proposta do governo é inaceitável.

(Diretoria Executiva da ADUFG Sindicato. Goiânia, 16 de julho de 2012).