FUNARTE Programa de Fomento às Artes 2012

Como parte das ações programadas para 2012, a Fundação Nacional de Artes – Funarte está com inscrições abertas para seleção de projetos nas áreas de música, artes visuais, artes integradas, dança, circo e teatro. Entre os dias 15 e 20 de agosto, onze editais foram lançados pela Instituição.

O maior orçamento – R$ 12 milhões – será destinado ao Prêmio Myriam Muniz, uma das principais ações de estímulo à produção teatral no país e que irá contemplar 131 projetos. Na dança, o Prêmio Klauss Vianna conta com recursos de R$ 6 milhões para viabilizar 82 iniciativas. Também com investimento total de R$ 6 milhões, o Prêmio Funarte Petrobras Carequinha de Estímulo ao Circo vai contemplar 159 projetos – 44 a mais que na edição anterior.  E o Prêmio Artes Cênicas na Rua irá viabilizar 73 iniciativas.

Na música, uma das novidades é o Prêmio Funarte de Música Brasileira, que vai selecionar projetos de composições, arranjos, shows, vídeos, sítios de internet, pesquisas, entre outros relacionados ao universo da música. Outro edital da área – a Bolsa de Aperfeiçoamento Técnico e Artístico em Música – estabelece a concessão de 36 bolsas para cursos e estágios no Brasil e no exterior.

Nas artes visuais, foram lançados o Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça; o XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia; o Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais – 9 ª edição e a Bolsa Funarte de Estímulo à Produção em Artes Visuais.

Já o edital Bolsa Interações Estéticas, realizado pela Funarte e a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, oferece 50 bolsas, no valor de R$ 50 mil cada, para trabalhos de residências artísticas em Pontos de Cultura.

Clique abaixo para acessar os editais:

Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz

Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna

Prêmio Funarte Petrobras Carequinha de Estímulo ao Circo

Prêmio Funarte Artes Cênicas na Rua

Prêmio Funarte de Música Brasileira

Bolsa de Aperfeiçoamento Técnico e Artístico em Música

Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 5ª Edição

XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia

Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais– 9ª Edição

Bolsa Funarte de Estímulo à Produção em Artes Visuais

Bolsa Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura

Anúncios

Programa Petrobras Cultural 2012

 

A Petrobras lançou nesta sexta, 17 de agosto, o edital Programa Petrobras Cultural 2012 (PPC), destinado à seleção pública de projetos distribuídos em duas linhas de atuação: Preservação e Memória; e Produção e Difusão.

A área de Artes Cênicas recebe inscrições até dia, 30 de outubro. Nessa área, podem se inscrever projetos destinados à manutenção de grupos e companhias. O valor destinado é de R$ 17 milhões, distribuído entre os projetos de Teatro e dança. Para a dança, os valores para a manutenção de três anos  está divida em três faixas: novecentos mil reais;um milhão e quinhentos mil reais; até dois milhões e cem mil reais.

Para divulgar o PPC 2012 e tirar possíveis dúvidas sobre como se inscrever, a Petrobras promoverá a Caravana Petrobras Cultural por 26 cidades do país. O roteiro e calendário da Caravana estão disponíveis aqui.

Outras Danças – Convocatória

fauller / Foto: Alex Hermes

O projeto Outras Danças: Brasil | Uruguai | Argentina abre convocatória para as residências ministradas pelos coreógrafos Luis Garay (Argentina) e Adriana Belbussi Figueroa (Uruguai), que acontecerão entre os dias, 01 de outubro a 04 de novembro, em Porto Alegre. Outras Danças tem como objetivo aproximar os paíse latinoamericanos e criar um canal de diálogo sobre os fluxos, produções, pesquisas e questionamentos na área de dança. Para isso, estão programadas ações de residências, mostra de duos e solos e o II Seminário – Novos Caminhos e Outras Danças na América Latina: Criação, Produção e Gestão.

As residências estão direcionadas para intérpretes-criadores, bailarinos e coreógrafos brasileiros. As inscrições podem ser feitas pelo site até, 03 de setembro. Cada candidato poderá escolher apenas uma opção de residência. Os resultados das residências serão solos e duos que participarão da programação da mostra que acontecerá de, 06 a 11 de novembro, o resultado será divulgado no site no dia, 08 de setembro. Este projeto é uma realização da FUNARTE em parceria com o Governo do estado do Rio Grande do Sul.

Festival Mirada – Santos

Territórios de La Mancha

A segunda edição do Mirada – Festival Ibero-americano de Artes Cênicas de Santos desenha um panorama da produção contemporânea de 14 países falantes do espanhol e do português. As línguas do corpo, da palavra e das imagens conjugam traços, distinções e semelhanças indo-afro-ibero-americanas de Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Espanha, México, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela.

Durante 11 dias, de 5 a 15 de setembro, esses 14 países apresentam 38 espetáculos, sendo 23 produções internacionais e 15 brasileiras, mais intervenções e performances. Além das dependências do SESC Santos, a programação ocupa outros espaços: teatros, praças, parques, monumentos e demais ambientes. Uma das novidades deste ano é que o Mirada se espraia pelas cidades vizinhas de Bertioga, Cubatão, Guarujá, Praia Grande e São Vicente. Todas receberão espetáculos.

O lugar da cena é, por extensão, o lugar do pensamento e da reflexão. As realidades social, política e histórica circunscrevem boa parte dos temas trazidos pelos grupos – modalidade de teatro de pesquisa mais profícua nesta geografia cultural. Mas há pluralidade nas formas e nos conteúdos para todos os perfis de inquietações e de espectadores, sejam adultos, adolescentes ou crianças.

As atividades formativas trilham o mesmo caminho, com debates interculturais, lançamentos de livros, realização de oficinas, shows musicais e outros encontros afins, sempre gratuitos.

O México é o país especialmente convidado desta edição com uma mostra de sete criações. Para homenageá-lo nestas linhas, lembramos um dos seus compatriotas, o escritor Carlos Fuentes, falecido em maio passado. Num recente congresso internacional sobre sua língua-mãe, ele evocouDom Quixote, o clássico de Cervantes, para nomear o que também nos instiga neste festival:

  “He venido proponiendo un nombre que nos abarca en lengua e imaginación, sin sacrificar variedad o sustancia. Somos el territorio de La Mancha. Mancha manchega que convierte el Atlántico en puente, no en abismo. Mancha manchada de pueblos mestizos. Luminosa sombra incluyente. Nombre de una lengua e imaginación compartidas. Territorios de La Mancha – el más grande país del mundo.”

Veja a programação completa aqui.

Mais informções: http://mirada.sescsp.org.br/

 

Seminário Pragmatismo Poético


Parceria entre o Educativo Bienal e o SESC realiza o ciclo de seminários Pragmatismo poético – seminário internacional em educação e arte, com transmissão ao vivo, direto do SESC Belenzinho, de 21 a 23/8 das 14h às 21h

Sob o título A iminência das poéticas, a 30ª Bienal de São Paulo tem como centro curatorial os temas da multiplicidade, transicionalidade, recorrência e permanente mutabilidade das poéticas artísticas. Partindo das propostas conceituais da Bienal, o ciclo de seminários Pragmatismo poético utiliza sete perguntas disparadoras para estimular reflexões e diálogos.

por que guardar?
como medir a distância que lhe separa do que você diz?
uma coisa significa outra coisa quando muda de lugar?
o que acontece quando você anda?
o que acontece cada vez que você consente?
quando não há nada, o que vemos?
o que acontece cada vez que você festeja?

Pensado como um ciclo de seminários capaz de possibilitar ao grande público o contato com renomados artistas e intelectuais da atualidade, Pragmatismo poéticopropõe realizar um debate sobre o presente da atividade artística por meio de uma série de encontros em que a própria Bienal e os aspectos gerais de seus conteúdos se ofereçam como centro de discussão.O seminário é voltado para professores, educadores sociais, profissionais da educação e artistas, e pode ser acompanhado através da transmissão ao vivo.

III Pensando Áfricas e suas Diásporas e I Encontro de Antropologia e Educação

26, 27 e 28 de setembro
UFOP – Ouro Preto/Mariana
O Grupo de Estudos sobre Linguagens, Culturas e Identidades (GELCI) e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB) da UFOP realiza nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2012 o III Pensando Áfricas e Suas Diásporas e o I Encontro de Antropologia e Educação, que têm como tema principal Pensando o Patrimônio Cultural Afro-Diaspórico. Os dois eventos concomitantes pretendem promover a discussão sobre o patrimônio afro-diaspórico em suas mais diversas dimensões, tais como, manifestações culturais, linguísticas, literárias, filosóficas, performáticas, dentre outras. O evento vem sendo pensado em conjunto com diversos grupos de pesquisa do país que têm como viés as questões étnico-raciais, de gênero e sexualidade, bem como a reflexão sobre a cultura afro-diaspórica.As inscrições para propostas de Comunicação oral e pôster dentro dos 17 Grupos de Trabalhos (GTs) do evento estão abertas até o dia 10 de agosto.Para mais informações acesse www.pensandoafricas.blogspot.com ou mande um e-mail para neab.ufop@gmail.com.

Processo seletivo de apoio a projetos do FNC

Edital prevê R$ 10,5 milhões em investimentos

O Ministério da Cultura publicou na sexta-feira (10/08), no Diário Oficial da União (seção 3, páginas 14 a 16), edital abrindo processo seletivo de apoio a projetos do Fundo Nacional de Cultura (FNC). As inscrições vão até 24 de setembro.

Podem participar órgãos da administração pública direta e indireta nos estados, municípios e Distrito Federal, além de instituições privadas de natureza cultural sem fins lucrativos com, no mínimo, três anos de atividade comprovada.

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente por meio do Sistema SalicWeb, disponível no site do MinC, e cada participante pode apresentar apenas 1 (um) projeto por categoria, sendo obrigatório o envio do Anexo I do edital, que é a planilha orçamentária do projeto.

As instituições privadas também devem encaminhar, como Anexo da inscrição, relatório de atividades culturais dos últimos 3 (três) anos.

Serão distribuídos, ao todo, R$ 10,5 milhões para projetos iniciados entre dezembro de 2012 e dezembro de 2013. Os recursos serão divididos em cinco categorias:

Acesse os arquivos referentes ao edital:

Cartilha
Anexos I e II do Edital
Edital
Relação dos Editais vigentes

Mais informações
– Atendimento ao Proponente: (61) 2024.2082
Horário: segunda a sexta, das 9h às 12h, e das 13h30 às 17h.

(Pablo Rodrigo, Ascom/MinC)

Compartilhe:
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • MySpace
  • TwitThis
  • email
  • LinkedIn

Novo projeto do núcleo Anticorpos

Está em fase de conclusão a montagem da vídeo-instalação “Transformas”, novo projeto do Anticorpos – núcleo de investigações em dança, em parceria com o MediaLAB – DEART/UFOP.

Veja o vídeo de apresentação:

O projeto original é uma vídeo-instalação com projeções simultâneas que mostram quatro homens transformando seus corpos e suas identidades ao construírem a ilusão do feminino. O percurso de “montagem” e “desmontagem” desses sujeitos oferece ao espectador uma dramaturgia esculpida em seus próprios corpos, pois expõe suas vacilações identitárias buscando questionar os limites culturais que definem os gêneros humanos de modo imperativo. A “transformação das formas” adquire assim também um carácter subversivo: uma existência “trans-gênero” pode trazer consigo uma percepção mais libertária – ou ao menos anti-dogmática – das relações entre sujeito e cultura. Pode, enfim, nos questionar sobre aquilo que aceitamos ou queremos transformar em nossa sociedade. Essas identidades polimorfas parecem provocar suas alteridades com a simples pergunta: o que tu transformas?

Intérpretes: Alisson de Oliveira, Higgor Vieira, Marlon Santos, Wallisson Gomes

Direção e Edição: Éden Peretta

Imagens: Éden Peretta e Gabriel Machado

Trilha Sonora: Ernesto Valença

Convocatória Fresh Perspectives – Stories on Arts and Economy

IETM is looking for artistic and cultural projects whose core subject is economy. We are looking for projects that you have created or are creating, or that you know of, that directly deal with issues of economy, money or economic exchange as their core subject.

You can send your proposals by filling in this short questionnaire by 10 September!

Background

As a part of its Three year Plan, IETM is preparing a series of publications “Fresh Perspectives” looking at how the arts interpret great themes of society today. For this first issue on arts and economy, we’re working with the British Council France and have commissioned Mission Models Money (MMM) to collect case stories (informal case-studies) about the value of contemporary arts and cultural practice to individuals and society.

This particular project will aim at reframing how art and culture is valued in relation to the economy.

We are seeking fresh perspectives and different vocabularies to tell a new story of what engaging with arts and cultural practice does, how it interacts with and impacts on society, and what its further potential might be in the light of what our world is facing.

How we advance our understanding of the contribution and impact of cultural practices is especially urgent during this historical moment of social, political, economic and environmental upheaval and transition.

Arts and cultural practice are integral to the process of change we are going through and yet artists and arts and cultural organisations often struggle to articulate their value within this contemporary context.

We will generate data and narrative to help move away from a prevailing view that rewards activity that generates high economic growth and increased GDP, toward a perspective that illustrates art and cultures’ role in developing sustainable economies .

The wider aims of this project are to inspire the sector to:

  • Develop fresh perspectives and narratives on the role of arts and cultural practice in the economy of the future, one which is often described as ‘high wellbeing/low carbon’
  • Connect those narratives with their social impact
  • Raise awareness of the role of arts and cultural practitioners in creating new forms of social and economic development and increase their capacity to contribute to their emergence
  • Open possibilities for new partnerships and collaborations between arts and cultural practitioners and actors from other parts of society.

In focusing on the potential role of art and culture to shape economies that are viable, environmentally sound and socially responsible, we are seeking to identify:

  • Practices that are engaging with or responding to economic issues in its conception and creation?
  • The kinds of economic models are artists and arts and cultural organisations using to produce and distribute their work
  • The way that work is being valued and evaluated
  • The kinds of learning or training that are needed or happening to help artists and arts and cultural organisations refresh their economic models?
  • What new relationships are there, either within or outside of the sector, which could create new possibilities for economic exchange?

Examples

Your proposals could include any project which is dealing with the topics of economy, money or economic exchange, regardless its form, discipline or means and methods used.

  • A theatre piece that describes the ways of functioning of international business;
  • an interactive performance that looks at our behaviour in a consumers’ society;
  • a cultural project looking at ways of developing alternative economies;
  • an organisation whose functioning is based on a parallel economy system
  • any other idea that you developed in the past or are developign at this moment

Deadline

10 September 2012

Partners

This publication is a collaboration between IETM and the British Council France and a commission to Mission Models Money, as part of its re.think programme.

Mission Models Money is a passionate network of thinkers and doers dedicated to building the resilience of creative practitioners and organisations and realising art and culture’s leadership role in tackling our huge global challenges.

Questionnaire

Please send us your answers to these questions via this online questionnaire.

Convocatória SEU – Semana Experimental Urbana 2012

SEU – Semana Experimental Urbana 2012

Como proposta de encontro, a Semana é uma oportunidade para artistas e criadores transdisciplinares desenvolverem seus projetos em colaboração e no espaço público.

Gostaríamos de escutar sobre processos e ideias que proponham outros meios, formas e práticas de relação do comum. Acolheremos criadores/propostas e colaboradores que desejem se envolver e participar ativamente na construção e realização dos projetos da Semana.

Inscrições até 13 de setembro 2012

7 e 13 de novembro de 2012

SEU – Semana Experimental Urbana 2012
semanaexperimetalurbana@gmail.com
www.semanaexperimentalurbana.com

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais
As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão. Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHOS PARA INSCRITOS: nenhum

GANHO PARA SELECIONADOS:
– Transporte do proponente para Porto Alegre e no caso de grupos, serão custeados no máximo 3 representantes;

– Hospedagem durante a Semana para os residentes fora da região metropolitana de Porto Alegre;

– Publicação com a documentação das experiências realizadas no SEU.

CUSTOS OPERACIONAIS:
– É de responsabilidade do artista ou de seu representante a execução, documentação e todo material necessário para a realização do projeto selecionado.

Sobre o evento / regulamento

EXPERIÊNCIA
O foco desta edição será o ENCONTRO, envolvendo AÇÕES PROCESSUAIS, que se desenvolvam ao longo da semana, no ESPAÇO PÚBLICO da cidade de Porto Alegre.

TRANSPARÊNCIA
O site do encontro se pretende constituir como uma interface subjetiva durante o processo do SEU, desde a pré-produção a prestação de contas, bem como um espaço de disponibilização contínua de conteúdos envolvendo todas as etapas dos projetos participantes. Disponibilizaremos uma página no site para cada projeto.

Desejamos que os processos realizados na Semana sejam permeáveis, abertos a interação, e que proponham um espaço de compartilhamento, troca e discussão contínuo.

COLABORAÇÃO
Nosso desejo é realizar um encontro em conjunto e promover um espaço dinâmico e co-responsável entre nós. Assim, a proposta se manterá aberta aos que desejem colaborar e agir como parceiros, seja presencialmente, durante a Semana, ou por meio da participação no MAPEAMENTO e no FÓRUM de DISCUSSÃO, espaços de interlocução e compartilhamento de conteúdos disponíveis no site.

Estamos propondo uma realização coletiva da edição SEU 2012 e gostaríamos de convidar a interagir com:

[MAPEAMENTO] projetos comunitários, pontos de cultura, iniciativas independentes, autônomas e organizações locais interessados em integrar o mapeamento, disponibilizando seus conteúdos e projetos no site do encontro (inscrição aqui);

[VÍDEOS] interessados em participar das mostras de vídeo que acontecerão durante o encontro (inscrição aqui);

[DOCUMENTOS] iniciativas, eventos, projetos, grupos, artistas e redes interessados em enviar materiais impressos, links, documentos imagéticos, sonoros e virtuais para distribuição e compartilhamento durante o encontro (contato por email semanaexperimentalurbana@gmail.com);

[COLABORADOR LOCAL] artistas, estudantes e interessados em participar da realização dos projetos selecionados como colaboradores locais (inscrição aqui);

[PROJETOS] artistas, grupos, coletivos, agrupamentos e/ou redes de trabalho interessados em apresentar projetos para a realização durante a Semana Experimental Urbana, de 07 a 13 de novembro de 2012, nos termos que segue (Inscrição aqui):

Convocatória para envio de projetos:
5.1 É imprescindível a presença do proponente durante todo o encontro.

5.2 O período de inscrição é de 15 de junho a 03 de setembro de 2012.

5.3 O interessado em participar deve encaminhar, no ato de envio do projeto, ficha de inscrição, disponível no link: http://semanaexperimentalurbana.com.

5.4 Ao inscrever-se, o artista, grupo ou rede autoriza a organização do encontro a disponibilizar o material enviado no site do SEU, no catálogo e divulgar na midia.

5.5 É de responsabilidade única e exclusiva do artista ou grupo inscrito a veracidade das informações por ele prestadas no ato da inscrição (no que se refere à documentação encaminhada), bem como a observância e regularidade de toda e qualquer questão concernente à Lei de Direitos Autorais (Lei Federal Nº 6.910/98) relacionada com os projetos inscritos e realizados durante o SEU.

5.6 Todos os projetos inscritos estarão disponíveis para consulta no site.

5.7 A seleção será divulgada no site do encontro, dia 17 de setembro de 2012.

5.8 É de responsabilidade do artista ou de seu representante a execução, documentação e todo material necessário para a realização do projeto selecionado.

5.9 Disponibilizaremos aos projetos selecionados:
a) transporte do proponente para Porto Alegre e no caso de grupos, serão custeados no máximo 3 representantes;
b) hospedagem durante a Semana para os residentes fora da região metropolitana de Porto Alegre;
c) publicação com a documentação das experiências realizadas no SEU.

5.10 A alimentação será organizada na forma de uma cozinha coletiva onde seremos co-responsáveis. O artista, grupo ou representante do projeto selecionado arcará com as demais despesas durante sua estadia na cidade.

5.11 A hospedagem e transporte fornecidos pelo SEU será em data, horário e empresa determinados pela organização do encontro

5.12 O apoio é destinado aos projetos selecionados que devem ter suas atividades realizadas no espaço público de Porto Alegre, pelo artista ou por pessoa designada por ele e será disponibilizado após a confirmação da seleção da proposta.

5.13 Serão organizados no QG do projeto (Atelier Livre de Porto Alegre), encontros diários para convívio, trocas, compartilhamento das atividades, sessões de vídeo e conversas.

5.14 A documentação dos processos e ações e a forma como será compartilhada será decidida pelos e entre os participantes.

5.15 Não nos responsabilizamos pela segurança e manutenção de trabalhos ou obras, nem por danos físicos ou morais que possam ocasionar aos participantes e a terceiros.

5.16 É de responsabilidade dos selecionados todo e qualquer material e/ou equipamento utilizado para a realização de seu projeto, bem como a obrigatoriedade da retirada dos mesmos ao final do encontro.

5.17 O acesso às ações contempladas deverá ser obrigatoriamente gratuito.

5.18 Não serão aceitas propostas que causem qualquer tipo de risco ou constrangimento à comunidade, que possam comprometer o patrimônio ou a integridade física das pessoas, ou que impeçam o direito de ir e vir.

5.19 Pretendemos disponibilizar informações que forem solicitadas sobre a cidade e auxiliar no que for necessário para a obtenção de autorizações, em caso de utilização de espaços ou prédios públicos que envolvam documentação prévia.