Mostra de trabalhos Obscena – BH

Obscena realiza mostra de trabalhos com programação gratuita em Belo Horizonte

O Obscena (agrupamento independente de pesquisa cênica) vai realizar uma mostra de trabalho e pesquisa, o Multipli-cidades – um programa obscênico, entre os dias 21 e 24 de novembro, em Belo Horizonte. Serão intervenções urbanas/performances de rua individuais e coletivas, mostra de processo, Conversaredonda e lançamento de livros. Toda a programação cultural é gratuita.

Na quarta-feira (21/11), às 20 horas, no Centro Cultural da UFMG (Avenida Santos Dumont, 174 – Centro), o Obscena apresenta fragmentos do percurso de sua montagem “Ondas”, livremente inspirado no romance “As Ondas”, de Virgínia Woolf. A apresentação integra o projeto “Música e Poesia”, do Centro Cultural da UFMG. 

A quinta-feira (22/11) é o dia das intervenções coletivas “Cadeiras” e “Surra D’água”, no Centro de Belo Horizonte, no período da tarde. A intervenção “Cadeiras” é uma experiência da corpografia urbana. Trata-se de um uso ampliado de cores, palavras, ruídos, textos da literatura, silêncios e formas na/da cidade. Uma ação que se propõe a destacar, juntar e recriar variadas composições corporais e espaciais, colorindo as ruas. Tais composições desenham inusitadas geometrias que podem afetar a percepção dos transeuntes. 

Realizada pelo Obscena dentro do projeto virtual Trânsitos Performáticos: alimentando a rede, “Surra D´água” é uma proposição do Coletivo Líquida Ação, a partir da questão: Como as palavras se corporificam na violência das águas? Uma leitura em ambiente urbano. Uma leitura alterada, modificada. Um diálogo de corpos textos líquidos. 

Já na sexta-feira (23/11), o agrupamento fará intervenções performáticas na Praça da Estação e arredores, durante a manhã e a tarde. “Manifestos em ação” se constituem como ações simultâneas, formando um ato performativo e micropolítico sobre a situação dos índios Guarani Kaiowás no Brasil. Essas ações foram inspiradas no gesto poético “o espaço do silêncio”, proposto pelo artista visual Artur Barrio. Elas são uma metáfora do silêncio como ferramenta de indignação em relação ao genocídio que vem ocorrendo com os índios no Brasil há 512 anos. Os atos performativos serão realizados por Nina Caetano (“O Espaço do Silêncio”) e Leandro Acácio (“O suicidado”).

Ainda na sexta-feira, Engaio Lados, de Matheus Silva e Joyce Malta, completam programação do dia. Será uma prática criativa que faz nascer um corpo em intensa relação com o seu fora, no seu livre jogo com as sensações. Um corpo que, no passeio pela cidade, raspa as linhas duras do mundo, denuncia um rosto e aventura-se no desconhecido, percorrendo uma cidade incerta e cheia de conexões.

   

Lançamento de livros

No sábado (24/11), haverá o lançamento dos livros “corpoemaprocesso / teatro desessência”, de Clarissa Alcântara, e “Persona Performática”, de Ana Goldenstein Carvalhaes. O evento será no Centro Cultural da UFMG (sala 3), das 15 às 16h30. Logo após, haverá o “Conversaredonda”, no mesmo local, das 16h30 às 18h.

O livro “corpoemaprocesso / teatro desessência” é de Clarissa Alcântara, pós-doutora em Teoria Literária (UFSC) e Psicologia Clínica (PUC/SP). Em um corpo físico feito em pedaços, há um corpo unido, como o corpo sem órgãos que se expressa em Antonin Artaud – autônomo e anônimo ele se dá um pseudônimo suspenso num paradoxo indissolúvel. Uma práxis/teórica que se executa em uma tese de doutorado, arriscando outros campos possíveis à arte da performance.  

O livro “Persona Performática” é de Ana Goldenstein Carvalhaes, mestre em Estética e História da Arte (USP). A Obra é um percurso que constitui um aprendizado, “um caminho a se aprender, mas não naquele sentido de quem sabe versus quem é ignorante. É um guia sem segurança, sem fim ou princípio.

 

Festa

Haverá, também, uma festa de encerramento do programa obscênico, chamada “MultipliCidades”. A festa será realizada em parceria com a Mostra Cantautores, que também se encerra nesse dia e será comandada pelo quarteto “Obscenidades na Pista” (discotecagem de DJota, DJ Frida e DJ Shaitemi Muganga, com interferências visuais de Aindadá) e terá, como atração, o show da banda Tião Duá, composta por Luiz Gabriel Lopes, Gustavo Amaral e Juninho Ibituruna. A celebração será no sábado (24/11), às 22 horas, na Gruta! (Rua Pitangui, 3613 loja C – Horto). O valor do convite é R$ 10,00.

 

Sobre o Obscena

O Obscena, desde 2007, funciona como uma rede colaborativa de criação e investigação teórico-prática, que privilegia a troca, a provocação e a experimentação artísticas. São eixos norteadores do Obscena o work in process, os procedimentos de ocupação/intervenção em espaços públicos urbanos e os procedimentos de corpo-instalação, além da investigação de uma ação não representacional, a partir do estudo da performatividade e do pensamento e da obra dos artistas visuais Artur Barrio, Hélio Oiticica e Lygia Clark.

 O agrupamento realiza, neste ano de 2012, o projeto “MultipliCidades Obscênicas: relações coletivas no corpo das univer-cidades”, em seu segundo ano consecutivo como residente pelo Edital Cena Aberta, lançado pelo Centro Cultural da UFMG.

 Atualmente, é composto por Clarissa Alcântara, Clóvis Domingos, Erica Vilhena, Frederico Caiafa, Joyce Malta, Leandro Acácio, Lissandra Guimarães, Matheus Silva, Nina Caetano e Saulo Salomão.

 A criação de um espaço virtual como o blog (www.obscenica.blogspot.com.br) possibilita divulgar a produção dos artistas pesquisadores, assim como fomentar discussões sobre a criação teatral contemporânea e a expansão da rede colaborativa por meio de trocas com outros artistas, órgãos e movimentos sociais de interesse.

Publicidade

Um pensamento sobre “Mostra de trabalhos Obscena – BH

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.