Arts Oasis – residência internacional para performers

Summer starts with Arts Oasis!
May 25 – June 1, 2017
Italy
International multidisciplinary residency at the XII century Monastery in Tuscany, the famous place of creative inspiration for legendary Dante Alighieri.
The program is open to performing arts makers interested in practical research of contemporary performance.
Search for inspiration together with colleagues from all over the globe!
See more details here: www.artsmonastero.info
Anúncios

Ministério da Cultura lança programa para incentivar intercâmbio no exterior

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, lançou, nesta quinta-feira, 31/7, dois editais públicos do programa Conexão Cultura Brasil voltados para internacionalização cultural do país. A meta é ampliar a presença de artistas e empreendedores brasileiros no mundo em atividades de formação (cursos e estágios), em instituições culturais renomadas internacionalmente e eventos de cultura e negócios. Os editais foram publicados na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU). Para a ministra, os dois programas contribuirão na qualificação de profissionais nas artes e no empreendedorismo cultural.Um dos editais, o Conexão Cultura Brasil Intercâmbios, abre a oportunidade para 400 pessoas fazerem cursos no exterior no período entre novembro de 2014 e março de 2015 nas seguintes áreas: música, artes cênicas, circo, artes visuais, cinema, animação, games, programação de softwares e aplicativos móveis, literatura, TV, rádio, mercado editorial, moda, design, arquitetura, publicidade, gastronomia, gestão cultural, indústria de espetáculos, produção de eventos culturais, produção audiovisual, operação de equipamentos audiovisuais, roteiro, sonoplastia, figurino, cenotecnia, iluminação, luthieria, edição gráfica e visual, restauração, artesanato, cultura popular e patrimônio, museu e memória e turismo cultural.
O programa é uma parceria inédita entre o Ministério da Cultura e os Ministérios da Educação e das Relações Exteriores. Para participar, o interessado deve entrar em contato com a instituição de ensino e ser pré-aprovado por ela. As instituições que já manifestaram interesse em receber os brasileiros são o Instituto Europeu de Design, a Federculture da Itália, a Universidade de Bolonha, o British Council, a Royal Shakespeare Company, o Barbican Centre, o SouthBank Centre, o The Globe Theatre, a BBC Scottish Symphony, o Science Museum e o Festival de Edimburgo. O próximo passo é encaminhar ao Ministério da Cultura o documento da instituição estrangeira (carta-convite). Uma comissão com integrantes do ministério e de entidades vinculadas irá selecionar os agraciados pelo edital. As inscrições para os dois editais serão feitas no SALICWEB.
As dúvidas dos interessados poderão ser esclarecidas pelo emailculturabrasilintercambios@cultura.gov.br e culturabrasilnegocios@cultura.gov.br.
A contrapartida dos selecionados é, ao voltar para o Brasil, multiplicar o conhecimento adquirido, ou seja, apresentar o que foi desenvolvido no exterior, um espetáculo teatral ou uma oficina de cenografia, por exemplo. O ministério irá financiar as passagens, as diárias dos brasileiros e os deslocamentos. O edital pode ser acessado no endereço do DOU.
O segundo edital, Conexão Cultura Negócios, conta com o orçamento de R$ 400 mil em sua primeira fase e objetiva levar delegações de até 60 empreendedores para participar de três eventos de negócios culturais de grande relevância internacional. Os eventos são o Festival de Música Womex 2014, em Santiago de Compostela, na Espanha (de 22 a 26 de outubro); o Festival Internacional de Artes Cênicas Santiago a Mil, no Chile (de 3 a 18 de janeiro de 2015) e a Feira de Arte Contemporânea ARCO Madrid (25 de fevereiro a 1º de março de 2015). O texto integral do edital pode ser acessado no endereço no DOU.

Seleção de propostas: Nomadic Village 2013

Captain Klaus and tadlachance are happy to call for project proposals for the 3rd Nomadic Village. After Pavlikeni 2009 and Wolsingham 2012, for 2013 we are inviting nomadic artistst to Cuges les Pins to set up the Nomadic Village with their mobile homes/ateliers and realize their projects.

We are seeking to invite artists from all over the world whose works look at themes of nomadism; artists who in their practice respond to and interact with places and people; artists who intentionally displace themselves to seek encounters that not only influence their work but form it; artists who create situations. Artists are asked to realise a project and present it on the last weekend, and to come with their own mobile ateliers/living units. In case you don’t have one or travel too far to bring it, we can provide a limited number of rather unusual ‘homes’.

The Nomadic Village is a 2-week settlement set up on a vacant lot close to an existing village. The nomadic artists’ mobile homes/ateliers form the structure of the Village around On The Road Productions’ (ORP) Steyr-Ikarus bus, which acts as its townhall. In this autonomous enviroment participants can freely experiment with new ways of working; it stimulates creativity and exchange, and attracts local people to observe and participate in the process.
At the end of the Village there is a public exhibition/show that invites a wider audience to appreciate the works produced during the Village. The project is the brainchild of Captain Klaus, lead Artist and founder, from ORP/Austria.

Hosted by tadlachance (http://tadlachance.over-blog.com) is the hosting association led by two artists Madeleine
Doré (Canada/Quebec) and Françoise Rod (Swiss/French). Based near Marseilles tadlachance is a stop-by for nomadic artists who create interventions and art events in public spaces. Nomadic Village 2013 is a major event of the festival “Nous serons tous d’ici”, an Aubagne Community project in Marseille-Provence, European Capital of Culture 2013. Cuges les Pins is a small town close to Marseilles. It wholeheartedly welcomes the Nomadic Village and will provide local facilities. Our Village will come into existence in the beginning of a valley leading to the Sainte Baume mountain on the northern fringe of Cuges les Pins, within easy walking distance to the centre. Cuges Les Pins and its poeple will become our art laboratory, an artistic playground.

>>>pictures of the location

>>>pictures of the close vicinity

The Nomadic Village will provide
• All meals provided by Cuges les Pins, with dinners cooked by Umesh Maddanahali
• Facilities – including electricity, toilets, running water, wifi
• Contact to the local community
• Communication and publicity
• Letters of invitation and other support to enable you to raise additional funds
• As a travel fund artists can apply for the Dizel Grant (see below)

How to apply
• This call is open to artists from all over the world, who preferably come with their own mobile space to live and work in.
• Application must include: bio, documentation of work, art process and project proposal.
• We prefer applications that are brief and to the point
• Deadline for proposals: 20th of February (artists will be notified about the selection after 15th of
March 2013)
• Feel free to contact us before you apply.
• Make sure you are able to commit for the whole duration of the Village

The Dizel Grant
The Dizel Grant is an uncomplicated small grant to enable nomadic artists’ travel to the Nomadic Village2013. It is especially for artist whose cost of travel is high. To apply for the Dizel grant send us your travel itinerary including costs. We highly encourage you to discuss this with us before submission and we can give you an idea of the level of support we can provide on a case by case basis.

Timetable
• Monday 23rd – Wednesday 25th of September: Arrival and set-up
• Wednesday 25th: Launch event, press conference
• Saturday 5th and Sunday 6th of October: Final presentation closing event
• Monday 7th of October: Last Breakfast

Contact
For questions and initial conversation before submission contact either:
Captain Klaus (German, English), +43(0)699 10316027
tadlachance (French, English, Italian) + 39(0)4 42 73 97 21
e-mail for questions and submissions: 2013@nomadic.cd
For further information on the Nomadic Village: www.nomadic.cd

Residência SOMA Summer 2013

SOMA Summer 2013 will take place from July 01st to August 09th, 2013.  Application deadline: Online applications will be accepted until Monday April 01st, 2013. However, the size of the group is limited to twenty-five participants. The application review process will begin Friday March 01st, 2013.

Applications are available here

Though not exclusively, workshops and seminars this summer will focus on the re-performance of history. Through examination of performance and its mediation (photo, video, and other forms of documentation), the group will explore the ways in which narrative, appropriation, fact/fiction and other devices simultaneously question and shape ideological subject positions both within individual and mass consciousness. Conventions of storytelling, archival research and the role of memory will all figure into group discussion.

*All activities and visiting artists/curators below posted have been confirmed. Nevertheless any information is subject to change.

WEEK 01 – Mon Jul 01st to Fri Jul 05th

Group Critique: 12 hour group critique with Carla Herrera-Prats

These first two sessions allow participants to get familiar with each other. Everyone present a selection of works to the group for about fifteen minutes. We address the social, political and aesthetic implications raised by each project.

Off sideDF: 6 hour site specific workshop with Eduardo Abaroa The workshop takes place in tow different non-academic locations around Mexico City. By getting to know our surroundings and their history, we reflect and discuss on the concepts involving site-specificity and the possibilities of art to comment on specific cultural, political, social and geographical situations.

Miércoles de SOMA: Enrique Méndez de Hoyo

Studio Visit: Eduardo Abaroa

Individual critiques with: Eduardo Abaroa, Anthony Graves, Carla Herrera-Prats, Yoshua Okón, Luis Felipe Ortega, Raul Ortega, Tyler Rowland.

WEEK 02 – Mon Jul 08 th to Fri Jul 15th

Theaters of Memory: 9 hour seminar with Carmen Cebreros Urzaiz

Memories become embeded in spaces and objects, but memory is not only thought.  Its activation relies in touch, contact and movement. How objects come to inhabit our lives, how they sit in our spaces, and which uses they acquire are all performed actions upon them. Houses that become museums are sets that invitate to invoke the presence of a character who invented him/herself through the images and objects he/she collected and the way they came to live together. The seminar will analyze strategies in artistic production where objects, spaces and their associations function as autobiographical strategies, or possibilities for a script —ultimately to be performed by somebody else.

Miércoles de SOMA: Adam Kleinman

Studio Visit: Yoshua Okón

Individual critiques with: Carmen Cerberos, Carla Herrera-Prats, Adam Kleinman, Maria Minera, Tyler Rowland, Paola Santoscoy, and Melanie Smith.

WEEK 03 – Mon Jul 15 th to Fri Jul 19th

Performance’s Incorporation: 9 hour critical theory seminar with Mariana Botey and Amy Sara Carroll

Thinking a politics of location, in this 9 hours seminar, we will explore performance’s incorporation or absorption into a range of inter-American conceptual –isms. To be clear: our focus on “incorporation,” with any luck, will allow us to circumvent, but also acknowledge (neo)liberal and humanistic accounts of identity and difference, to enjamb nationmarket performativities into our assessments of the aesthetics’s use and exchange value (in a manner that acknowledges the de- and neo-colonial). Departing from the story often told in U.S.-based Performance Studies, which narrowly falls back on identitarian narratives, we will work to eschew the fetishization of the body as a transparent signifier of the subject and/or intersubjectivity (because, ironically it doesn’t accord the medium the interiority or presence of mind to even think the conceptual). Simultaneously, we’ll strive to sidestep the terms forwarded in reductionist debates that posit a “relational” aesthetic unnecessarily in solely (Western) art historical terms (because multiple 1968s teach us to account for the tics of site specificity as well as the tick of periodization). In our discussions, reference materials, and exercises, we’ll turn to the messier realms of the interobjective, the body, the nation, the commodity/logo as objects/ready-mades that return as “critical fetishes” in post-cotemporary artivist, hybrid, socially engaged inter-mediated practices. And, to that end, our privileged ‘case study’ will be 1990s Mexico (its embrace and distanciation from orphaned moniker of ‘performance’), its now dispersed fragments (including SOMA and the “we” of Carroll/Botey doubled-voiced performance).

Miércoles de SOMA: Mariana Botey and Amy Sara Carroll

Studio Visit: Abraham Cruz Villegas

Individual critiques with: Magali Arriola, Mariana Botey, Amy Sara Carroll, Abraham Cruzvillegas, Irving Dominguez, Ricardo Dominguez, and Carla Herrera-Prats.

WEEK 04 – Mon Jul 22 nd to Fri Jul 25th

So what do I expect?: 9 hour seminar with Gerard Byrne

The seminar will focus on the ambitions and capacities of artistic practice to engage with questions beyond its own ontology, when located within the parameters of the gallery. Lead by an artist with a partisan interest in particular / peripheral aspects of the question, the orientation of the discussion will be directed to questions of temporality, and in particular the image of the past in the present tense of the gallery.

Miércoles de SOMA: Gerard Byrne

Special lecture: Vincent Normand

Studio Visit: Galia Eibenschutz

Individual critiques with: Eduardo Abaroa, Etienne Bernard, Gerard Byrne, Galia Eibenschutz, Anthony Graves, Carla Herrera-Prats, Yoshua Okón, Luis Felipe Ortega, and Raul Ortega.

WEEK 05 – Mon Jul 29 th to Fri Aug 01st

Re-Live, Re-Enact, Re-Perform9 hour seminar with Coco Fusco This seminar will focus on recent debates about artists delegating actions to others to create performance, artists reproducing works by others as performance, and artists re-enacting historical events as performance. We will consider works by Sharon Hayes, Marina Abramovic, Jeremy Deller and Santiago Sierra and we will discuss texts by Claire Bishop, Hal Foster, Shannon Jackson, Amelia Jones and others. Miércoles de SOMA: Coco FuscoStudio Visit: Enrique Mendez de Hoyo (on Friday August 02nd) Individual critiques with: Miguel Calderón, Helena Chávez, Bernard Etienne, Coco Fusco, Carla Herrera-Prats, Enrique Mendez de Hoyos, Víctor Palacios, Bárbara Perea

WEEK 06 – Mon Aug 05 th to Fri Aug 09th

Preparation for Open Studio

Last comments with: Vincent Normand

Miércoles de SOMA: SOMA SUMMER OPEN STUDIOS

The Open Studios will be coordinated by Vincent Normand – Wed. Aug. 07th

Visit on Friday: Jumex Collection and Teotihuacán.

Boasvindas aos extraterrestres

Imagem

CONVITE INTERVENÇÃO PERFORMÁTICA NO MORRO DA FORCA

Caixa Preta e núcleo Anticorpos convidam a todos os estudantes do DEART/UFOP (e demais simpatizantes) para contribuirem na construção da intervenção “Boasvindas aos extraterrestres”, a ser realizada no dia 21/12/2012, às 21h12, no Morro da Forca em Ouro Preto (com o público alocado no mirante da UFOP). A intervenção está sendo organizada pelos professores Daniel Ducato, Éden Peretta e Ernesto Valença e já conta com a colaboração de diversos estudantes. Os ensaios acontecerão na sala 08 do DEART nos dias 19 (quarta, 9h) e 21 (sexta, 14h). O evento será baseado em jogos coreográficos e na manipulação de elementos luminosos. Celebremos juntos o final de mais um ciclo!

Evocações da arte performática

https://i1.wp.com/performatus.net/pfwp/wp-content/uploads/2012/10/evoca.jpg

 

Evocações da arte performática (2010 – 2013) é uma publicação impressa trienal produzida pelo Instituto das Artes de Inhumas. Este projeto fornece uma documentação sobre a arte da performance nos países de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste), tendendo a difundir os trabalhos de artistas individuais / grupos. O prazo de inscrição para integrar o livro Evocações da arte performática (2010 – 2013) decorrerá até o dia 31 de Dezembro de 2013. O livro será lançado em 2014.

Encontro do Instituto Hemisférico de Performance e Política 2013 – SP

Cidade | Corpo | Ação:

A Política das Paixões nas Américas

8º Encuentro
Universidade de São Paulo
SESC Vila Mariana
12 a 19 de janeiro de 2013
São Paulo, Brasil

O 8º Encuentro do Instituto Hemisférico busca examinar as amplas interseções entre o espaço urbano, a performance e a ação política/artística nas Américas. Desde as poéticas críticas da arte corporal até a ocupação do espaço público por movimentos sociais, o evento convida os participantes a explorar as fronteiras, identidades e práticas através das quais subjetividades, hegemonias e contra-hegemonias são construídas dentro dos espaços da cidade e além. Em particular, nos interessam as formas pelas quais os corpos interpelam e são interpelados; mobilizam e são mobilizados pelas/em meio às paixões complexas e diversas que definem o nosso presente globalizado e mediatizado — o medo, o ódio, o desencanto, a esperança e a fé, entre outras. Buscamos investigar, coletivamente, as estratégias através das quais corpos (individuais, sociais e políticos) se fazem presentes e influenciam as convenções estéticas, as formações sociais e as estruturas políticas na sua busca por novos significados e novas formas de sociabilidade. Este tema será o ponto de partida para uma grande variedade de performances, exposições, mesas redondas, oficinas, palestras e grupos de trabalho.

Desde o ano 2000, os nossos Encuentros têm sido um ponto de contato entre artistas, acadêmicos, estudantes e ativistas interessados em investigar a relação entre a performance e a política nas Américas. Cada Encuentro reúne entre 400 e 600 participantes e é parte conferência acadêmica, parte festival de performance, e sempre interdisciplinar. O Encuentro é um espaço voltado para a experimentação, o diálogo e a colaboração.

Mais informações aqui.

Mostra de trabalhos Obscena – BH

Obscena realiza mostra de trabalhos com programação gratuita em Belo Horizonte

O Obscena (agrupamento independente de pesquisa cênica) vai realizar uma mostra de trabalho e pesquisa, o Multipli-cidades – um programa obscênico, entre os dias 21 e 24 de novembro, em Belo Horizonte. Serão intervenções urbanas/performances de rua individuais e coletivas, mostra de processo, Conversaredonda e lançamento de livros. Toda a programação cultural é gratuita.

Na quarta-feira (21/11), às 20 horas, no Centro Cultural da UFMG (Avenida Santos Dumont, 174 – Centro), o Obscena apresenta fragmentos do percurso de sua montagem “Ondas”, livremente inspirado no romance “As Ondas”, de Virgínia Woolf. A apresentação integra o projeto “Música e Poesia”, do Centro Cultural da UFMG. 

A quinta-feira (22/11) é o dia das intervenções coletivas “Cadeiras” e “Surra D’água”, no Centro de Belo Horizonte, no período da tarde. A intervenção “Cadeiras” é uma experiência da corpografia urbana. Trata-se de um uso ampliado de cores, palavras, ruídos, textos da literatura, silêncios e formas na/da cidade. Uma ação que se propõe a destacar, juntar e recriar variadas composições corporais e espaciais, colorindo as ruas. Tais composições desenham inusitadas geometrias que podem afetar a percepção dos transeuntes. 

Realizada pelo Obscena dentro do projeto virtual Trânsitos Performáticos: alimentando a rede, “Surra D´água” é uma proposição do Coletivo Líquida Ação, a partir da questão: Como as palavras se corporificam na violência das águas? Uma leitura em ambiente urbano. Uma leitura alterada, modificada. Um diálogo de corpos textos líquidos. 

Já na sexta-feira (23/11), o agrupamento fará intervenções performáticas na Praça da Estação e arredores, durante a manhã e a tarde. “Manifestos em ação” se constituem como ações simultâneas, formando um ato performativo e micropolítico sobre a situação dos índios Guarani Kaiowás no Brasil. Essas ações foram inspiradas no gesto poético “o espaço do silêncio”, proposto pelo artista visual Artur Barrio. Elas são uma metáfora do silêncio como ferramenta de indignação em relação ao genocídio que vem ocorrendo com os índios no Brasil há 512 anos. Os atos performativos serão realizados por Nina Caetano (“O Espaço do Silêncio”) e Leandro Acácio (“O suicidado”).

Ainda na sexta-feira, Engaio Lados, de Matheus Silva e Joyce Malta, completam programação do dia. Será uma prática criativa que faz nascer um corpo em intensa relação com o seu fora, no seu livre jogo com as sensações. Um corpo que, no passeio pela cidade, raspa as linhas duras do mundo, denuncia um rosto e aventura-se no desconhecido, percorrendo uma cidade incerta e cheia de conexões.

   

Lançamento de livros

No sábado (24/11), haverá o lançamento dos livros “corpoemaprocesso / teatro desessência”, de Clarissa Alcântara, e “Persona Performática”, de Ana Goldenstein Carvalhaes. O evento será no Centro Cultural da UFMG (sala 3), das 15 às 16h30. Logo após, haverá o “Conversaredonda”, no mesmo local, das 16h30 às 18h.

O livro “corpoemaprocesso / teatro desessência” é de Clarissa Alcântara, pós-doutora em Teoria Literária (UFSC) e Psicologia Clínica (PUC/SP). Em um corpo físico feito em pedaços, há um corpo unido, como o corpo sem órgãos que se expressa em Antonin Artaud – autônomo e anônimo ele se dá um pseudônimo suspenso num paradoxo indissolúvel. Uma práxis/teórica que se executa em uma tese de doutorado, arriscando outros campos possíveis à arte da performance.  

O livro “Persona Performática” é de Ana Goldenstein Carvalhaes, mestre em Estética e História da Arte (USP). A Obra é um percurso que constitui um aprendizado, “um caminho a se aprender, mas não naquele sentido de quem sabe versus quem é ignorante. É um guia sem segurança, sem fim ou princípio.

 

Festa

Haverá, também, uma festa de encerramento do programa obscênico, chamada “MultipliCidades”. A festa será realizada em parceria com a Mostra Cantautores, que também se encerra nesse dia e será comandada pelo quarteto “Obscenidades na Pista” (discotecagem de DJota, DJ Frida e DJ Shaitemi Muganga, com interferências visuais de Aindadá) e terá, como atração, o show da banda Tião Duá, composta por Luiz Gabriel Lopes, Gustavo Amaral e Juninho Ibituruna. A celebração será no sábado (24/11), às 22 horas, na Gruta! (Rua Pitangui, 3613 loja C – Horto). O valor do convite é R$ 10,00.

 

Sobre o Obscena

O Obscena, desde 2007, funciona como uma rede colaborativa de criação e investigação teórico-prática, que privilegia a troca, a provocação e a experimentação artísticas. São eixos norteadores do Obscena o work in process, os procedimentos de ocupação/intervenção em espaços públicos urbanos e os procedimentos de corpo-instalação, além da investigação de uma ação não representacional, a partir do estudo da performatividade e do pensamento e da obra dos artistas visuais Artur Barrio, Hélio Oiticica e Lygia Clark.

 O agrupamento realiza, neste ano de 2012, o projeto “MultipliCidades Obscênicas: relações coletivas no corpo das univer-cidades”, em seu segundo ano consecutivo como residente pelo Edital Cena Aberta, lançado pelo Centro Cultural da UFMG.

 Atualmente, é composto por Clarissa Alcântara, Clóvis Domingos, Erica Vilhena, Frederico Caiafa, Joyce Malta, Leandro Acácio, Lissandra Guimarães, Matheus Silva, Nina Caetano e Saulo Salomão.

 A criação de um espaço virtual como o blog (www.obscenica.blogspot.com.br) possibilita divulgar a produção dos artistas pesquisadores, assim como fomentar discussões sobre a criação teatral contemporânea e a expansão da rede colaborativa por meio de trocas com outros artistas, órgãos e movimentos sociais de interesse.

Oficina Body Resonance com Yumiko Yoshioka – Berlim

Body Resonance , based on Butoh Dance and Organic Movement

Place :     at Eden Studios,   Breite Strasse 43,  Pankow,  Berlin
Time :     Dec. 13 – 16, from 12:30 pm to 6 pm
Price :     180€  (registration before Nov 15)
200 € (registration after Nov 16)
Contact : yumiko-mizelle@gmx.de ( Yumiko Yoshioka)

The main focus of this workshop is a conscious research of our body/mind/soul unification, so we can deeply enjoy the intrinsic process of metamorphosis through the spirit of dance.

Through a continuous exploration of our past collective memories, we can strike a vein of abundant creative resources, enriching the essence of our life. The body is a receptacle of time.

Body resonance is a key to open up the doors of ever-changing world inside and outside of us, which helps the body to unfold its secrets, holding them up until they shine and tremble. Everything is in resonance with each other.

Through a dialogue with our body, we can learn to be moved by inner and outer forces, thus realizing we are a part of the Universe.

A dance of metamorphosis inevitably appears.

October 12  – 14    Workshop in Athens
contact :   Rena Konstantaki <rmkk1893@otenet.gr>October  18 – 21    Workshop and Solo Performance “Before the Dawn” in Vienna Butoh Festival
Sonja Heller is also going to teach and perform in this Festival.

contact : Daniela Lehner <office@danimayu.com>

October 26 – 28     Workshop in Salzburg
contact : tanzimpulse Salzburg <workshops2010@tanzimpulse.at> (Peter)

November  2- 4     Workshop in Merano (Italy)
contact :  Martina Marini <martinamarini66@yahoo.it>

November 6- 11    Workshop and Solo Performance “Before the Dawn” in Barcelona Butoh Festival
Ken Mai is also invited to the festival

contact :  Rosana <cuerpotransitorio@hotmail.com>