Expressão Corporal IV

Ementa

O corpo no teatro. Respiração como foco da ação. Técnicas corporais como foco da ação. Aplicação cênica. Criação de cenas baseadas na “antropologia pessoal”.

Conteúdo Programático

Técnicas de respiração aplicadas ao treinamento do ator. Respiração consciente aplicada a construção do movimento cênico. Criação de treinamento individual e coletivo. Estudo da antropologia teatral. Criação de monólogo com base na “antropologia pessoal”.

Objetivos

– Desenvolver a consciência corporal e respiratória;

– Desenvolver as potencialidades expressivas do corpo cênico a partir dos princípios da respiração;

– Possibilitar a experiência de processos criativos e compositivos a partir de uma “antropologia pessoal”;

Metodologia 

O trabalho teórico consistirá na discussão de textos sobre o argumento. O trabalho prático será desenvolvido a partir da complexificação da anatomia humana, proporcionando assim a vivência de um corpo ampliado, composto por diferentes dimensões (físicas e abstratas). Através de jogos teatrais e vivências corporais, o resultado de cada investigação “antropológica” será transformado em matéria-prima para a construção de um monólogo.

Avaliação 

Assiduidade e participação (2 pontos), Qualidade das proposições em aula (2 ponto),  Cena Final (5 pontos),  Auto-avaliação (1 ponto).

* Terão direito ao exame especial somente os estudantes que obtiverem uma nota maior do que 4,0 na avaliação.

Bibliografia sugerida

AZEVEDO, Sonia Machado de. O papel do corpo no corpo do ator. SP: Perspectiva, 2002.

BARBA, Eugênio. Além das ilhas flutuantes. Campinas: Unicamp, 1991.

BARBA, Eugênio. SAVARESE, Nicola. A Arte Secreta do Ator. Campinas: Hucitec e Unicamp, 1995.

BONFITTO, Matteo. Cinética do invisível: processos de atuação no teatro de Peter Brook. São Paulo: Perspectiva, 2009.

BURNIER, Luís Otávio. A arte de ator: da técnica a representação. Campinas: Unicamp, 2001.

CALAIS-GERMAIN, Blandine. Respiração: Anatomia – ato respiratório. Barueri: Manole, 2005.

ICLE, Gilberto. O ator como xamã. São Paulo: Perspectiva, 2006.

MARIZ, Adriana Dantas de. A ostra e a pérola: uma visão antropológica do corpo no teatro de pesquisa. São Paulo: Perspectiva, 2007.

MOSTAÇO, Edélcio (org.). Para uma história cultural do teatro. Jaraguá do Sul: Design Editora, 2010.

OLSEN, Mark. As máscaras mutáveis do buda dourado: ensaios sobre a dimensão espiritual na interpretação. São Paulo: Perspectiva, 2004.

OIDA, Yoshi. Um ator errante. São Paulo: Beca, 1999.

RESTANY, P. Hundertwasser:o pintor-rei das 5 peles. Alemanha: Taschen, 1999.

SCHMIED, W. Hundertwasser: Personality, Life, Work. Los Angeles: Taschen, 2005.

SKY, Michael. Respirando Gente, 1990.

Textos

A construção da pessoa nas sociedades indígenas brasileiras – Seeger, Da Matta e Viveiros de Castro

As cinco peles – Éden Peretta

Corpo e corporalidade nas culturas contemporâneas: abordagens antropológicas – Sônia Maluf

Corpo e corporeidade no teatro: da semiótica às neurociências – Marco De Marinis

Vídeos

Registros das cenas finais de cada semestre.

02.2011

02.2012

01.2013

02.2013

01.2014

02.2014

02.2015

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s